Outubro Halloween – Oque inspirou psicose 

Esse ano Psicose faz 56 anos e nada melhor do que falar sobre o livro e o filme, já que estamos no mês do Halloween.

A história de Psicose – que foi baseada em acontecimentos reais –  tem uma trama cheia de suspenses que nos causam arrepios. Esse filme revolucionou a história do cinema se tornando um grande clássico que não pode deixar de ser assistido por todo fã do terror.

A história verdadeira que baseou o personagem Norman Bates, é sobre o notorio assasino de Winconsin, Ed Gein que foi acusado de matar duas pessoas e roubar lápides de cemitério. Mas o mais bizarro ainda está por vir: Ele tirava os cadáveres de suas covas e faziam troféus com eles.

Ed Gein

MAS AFINAL, OQUE ISSO TEM A VER COM PSICOSE ?

Anthony Perkins, intérprete de Norman Bates

A relação entre esse dois assasinos completamente insanos é que ambos moravam em locais rurais e isolados e os dois tinham mães mortas e controladoras e também os dois vestiam roupas de mulheres. A única diferença entre os dois é que Gein não era considerado um assasino em série (serial killer), pois ele havia matado somente duas pessoas. Norman era considerado um Serial Killer pois ele matou várias pessoas ao longo dos livros e da série.
Robert Bloch ficou obcecado com o caso de Ed Gein e logo foi escrevendo um conto sobre o assassino. Dois anos depois, Alfred Hitchcock leu o livro e ficou estupefato, depois, contratou o roteirista Joseph Stephano para auxilia – lo a trazer essa grande história para o cinema, no início a Paramount não aceitou a história, pois, segundo eles, a história seria muito “pesada”, mas Hitchcock persistiu e tirou o dinheiro do próprio bolso para produzir o filme.

Robert Bloch

A cada dia que passa, Psicose vai ganhando mais fama e notoriedade por causa da série de TV Bates Motel, e também principalmente pelo livro publicado pela Darkside Books no Brasil depois de 50 anos sem nenhuma edição aqui. Confira a sinopse do livro abaixo.

Psicose, clássico de Robert Bloch, foi publicado originalmente em 1959, livremente inspirado no caso do assasino de Wisconsin, Ed Gein. O protagonista Norman Bates.

Em Psicose, sem edição no Brasil há 50 anos, Bloch antecipou e prenunciou a explosão do fenômeno serial killer do final dos anos 1980 e começo dos 1990. O livro, assim com o filme de Hitchcock, tornou-se um ícone do horror inspirando um número sem fim de imitações inferiores, assim como a criação de Bloch, o esquisofrênico e violento, Norman Bates, tornou-se um arquétipo do horror incorporado a cultura pop.

O livro está a venda nas livrarias do Brasil, para adquiri – lo, clique aqui.

Anúncios

Um comentário sobre “Outubro Halloween – Oque inspirou psicose 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s